fbpx
 

Duas especialidades médicas: o que é importante saber

Para diversificar o trabalho e planejar a carreira médica, é possível ter duas especialidades médicas. Saiba mais!

Você sabia que é possível exercer e divulgar duas especialidades médicas? De acordo com as regras do Conselho Federal de Medicina (CFM), isso é possível, dando margem para que os profissionais de saúde possam ampliar os seus consultórios e áreas de atuação.

Essa flexibilidade oportuniza que os médicos possam fazer um planejamento de carreira ou até mesmo mudar de área, se essa for a sua vontade. Uma estratégia a ser adotada é fazer uma especialização mais curta inicialmente, para ter um salário maior logo no início da trajetória e depois partir para outra pós-graduação com mais tempo de curso.

3 pontos importantes sobre trabalhar com duas especialidades médicas

Ao trabalhar com duas especialidades médicas, existem alguns pontos aos quais você deve se atentar. Confira, a seguir!

  1. Atuação e divulgação em mais de uma especialidade médica

O CFM só permite a divulgação de duas especialidades médicas. Por isso, se você tiver formação para atuar em três áreas, por exemplo, deverá escolher só duas delas para se dedicar.

Caso ocorra a divulgação de mais de duas especializações em suas redes sociais, cartões de visita e outros materiais de divulgação, o profissional será penalizado.

  1. Áreas de atuação reconhecidas pelo CFM

Atualmente, o CFM reconhece 55 áreas da medicina nas quais os profissionais podem realizar uma pós-graduação ou residência para se especializar. São as seguintes:

Acupuntura;

Alergia e imunologia;

Anestesiologia;

Angiologia;

Cardiologia;

Cirurgia cardiovascular;

Cirurgia da mão;

Cirurgia da cabeça e pescoço;

Cirurgia do aparelho digestivo;

Cirurgia geral;

Cirurgia oncológica;

Cirurgia pediátrica;

Cirurgia plástica;

Cirurgia torácica;

Cirurgia vascular;

Clínica médica;

Coloproctologia;

Dermatologia;

Endocrinologia e metabologia;

Gastroenterologia;

Genética médica;

Geriatria;

Ginecologia e obstetrícia;

Hematologia e hemoterapia;

Homeopatia;

Infectologia;

Mastologia;

Medicina de emergência;

Medicina de família e comunidade;

Medicina do trabalho;

Medicina de tráfego;

Medicina esportiva;

Medicina física e reabilitação;

Medicina intensiva;

Medicina legal e perícia médica;

Medicina nuclear;

Medicina preventiva e social;

Nefrologia;

Neurocirurgia;

Neurologia;

Nutrologia;

Oftalmologia;

Oncologia clínica;

Ortopedia e traumatologia;

Otorrinolaringologia;

Patologia;

Patologia clínica / medicina laboratorial;

Pediatria;

Pneumologia;

Psiquiatria;

Radiologia e diagnóstico por imagem;

Radioterapia;

Reumatologia; e

Urologia.

  1. Obtenção dos títulos

Para obter um título de especialista, o profissional precisa cursar pós-graduação em uma instituição de qualidade, que tenha os cursos registrados e autorizados pelo Ministério da Educação (MEC).

Somente assim será possível obter a autorização do CFM para desenvolver atividades nas áreas em que se pretende atuar. Por isso, sempre escolha uma faculdade reconhecida para cursar as suas especializações.

A Faculdade IBCMED oferece diversos cursos para quem deseja ter duas especialidades médicas no currículo e, dessa forma, ter mais oportunidades para crescer na carreira.

Acesse o nosso site e conheça os nossos cursos agora mesmo! Somos uma instituição respeitada no mercado, com professores gabaritados e experientes, que proporcionam o melhor aprendizado aos nossos alunos.

Menu